Começa amanhã o I Prêmio Desterro! Saiba tudo sobre a Mostra aqui no Dança Catarina!

PRÊMIO DESTERRO –

I FESTIVAL DE DANÇA DE FLORIANÓPOLIS

O Sul do Brasil ganha mais um importante evento de dança a partir deste ano. De caráter competitivo, o Prêmio Desterro – I Festival de Dança de Florianópolis distribuirá aos vencedores um total de R$ 17 mil – a segunda maior premiação oferecida a bailarinos em eventos semelhantes no território catarinense, atrás apenas do Festival de Dança de Joinville. As noites competitivas ocorrerão de 20 a 22 de agosto, no Teatro Governador Pedro Ivo, anexo ao Centro Administrativo do Governo do Estado.

Ao todo, 607 dançarinos de 53 grupos provenientes do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina concorrerão com 98 coreografias nos gêneros balé clássico, dança contemporânea, dança de rua, dança de salão, danças populares, jazz e sapateado – em solos, duos, trios e conjuntos. Os trabalhos criados por 69 coreógrafos foram divididos nas categorias júnior (bailarinos nascidos de 1994 a 1996) e adulto (bailarinos nascidos até 1993). Além deles, o trio D-Efeitos virá especialmente de São Paulo para apresentar um pocket show de dança de rua, como atração convidada da noite de abertura.

Na avaliação dos organizadores, esta primeira fase foi bastante positiva, haja vista a quantidade de inscrições para um evento que nasce agora e pela grande procura por informações de pessoas de todas as regiões do País e também do exterior, em apenas quatro meses após o lançamento. “Já considero um sucesso, tanto que foi preciso encerrar as inscrições antes do previsto. A quantidade de coreografias que entrou me deixa tranquilo, pois ficará distribuída nas três noites de forma confortável para os bailarinos e para o público”, pondera Carlos Eduardo de Andrade, um dos diretores. Daniel Pozzobon, também um dos idealizadores do prêmio, endossa: “sabendo do pouco tempo que tínhamos para organizar e planejar esta primeira etapa, posso afirmar que está acima de nossas expectativas”.

BREVE HISTÓRICO

A ideia do festival surgiu de um desejo comum de dois amigos em realizar uma competição na cidade com a participação de dançarinos de todo o País. O professor e coreógrafo Daniel Pozzobon, ex-presidente da Associação Catarinense de Dança de Salão (Acads), que coordenou junto com a parceira Sheila Ludwig duas edições da mostra de dança de salão Baila Floripa, há cerca de dois anos, planejava um prêmio dirigido somente para bailarinos deste gênero. Neste mesmo período, Carlos Eduardo Lourenço de Andrade, que – com sua mulher Lenise Pavan Gonzaga de Andrade – dirigiu oito mostras de dança infantil A Noite é uma Criança, imaginava um festival adulto que contemplasse todas as modalidades.

Em uma conversa casual, reveladas as intenções, ambos decidiram unir os esforços e realizar um só prêmio, abrangendo as diferentes vertentes do universo da dança. “Com a experiência da mostra infantil, que reúne cerca de dois mil bailarinos anualmente, me senti seguro para concretizar mais este sonho que tem o objetivo de valorizar o trabalho dos dançarinos e dos coreógrafos”, diz Carlos Eduardo. “Eu já tinha pensado no nome, que faz uma homenagem à antiga denominação da cidade onde há tanta gente que se dedica à dança. Então, resolvemos criar um único festival para incentivar a pesquisa, as novas linguagens e o desenvolvimento regional em todos os gêneros”, conta Daniel.

AVALIAÇÃO E PREMIAÇÃO

Cinco profissionais de reconhecimento nacional e internacional na área da dança foram convidados para formar a comissão julgadora e escolher os três primeiros colocados em cada um dos sete gêneros. Descartando-se a maior e a menor nota aferidas, serão somadas as outras três para a média final. O primeiro lugar será o que atingir a maior média acima da nota 9; o segundo, a média imediatamente inferior ao primeiro lugar e acima de nota 8; e o terceiro, a média imediatamente inferior ao segundo lugar e acima de nota 7.

O primeiro classificado em cada gênero receberá R$ 1 mil em dinheiro e troféu. A estatueta também será concedida aos segundos e terceiros colocados. Além disso, será oferecido o Prêmio Desterro, no valor de R$ 10 mil, ao grupo eleito o melhor do festival. A escolha será feita por um júri composto por três integrantes da primeira comissão julgadora e mais dois membros da comissão organizadora.

JURADOS

*Tíndaro Silvano: mâitre, coreógrafo e professor de técnica clássica, iniciou seus estudos com o professor Carlos Leite, em Belo Horizonte, e aperfeiçoou-se com destacados mestres no Brasil e exterior, notadamente com Hugo Dellavalle e Bettina Bellomo. Dançou no Palácio das Artes (Belo Horizonte), Ballet Guaíra (Curitiba), Ballet Gulbenkian (Lisboa) e Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Desde 1986, ministra aulas de técnica clássica e coreografa para diversas companhias e grupos de dança do País e do estrangeiro. Foi professor e coreógrafo residente da Cia. de Dança de Minas Gerais (1988-1996), tendo criado para ela cerca de quinze obras premiadas. Entre 2007 e 2009, foi diretor artístico, coreógrafo residente e mâitre do Ballet Jovem do Palácio das Artes. Premiado pela Fundação Icatu, em 2004 e 2005, residiu em Paris como artista convidado da Cité Internationale des Arts, entidade francesa que acolhe artistas de quase todas as partes do mundo. Foi conselheiro do Festival de Dança de Joinville por quatro anos. Atualmente, é diretor artístico do Ballet Jovem do Palácio das Artes e coreógrafo convidado de companhias do Brasil e do exterior.

*Henrique Talmah: um dos mais reconhecidos e requisitados coreógrafos da atualidade, com formação acadêmica e especialização em dança moderna e contemporânea. Professor e coreógrafo do Conservatório Brasileiro de Dança, no Rio de Janeiro, também dirige a Talmah Cia. de Dança e é coreógrafo residente da Cia. Brasileira de Ballet. Criou coreografias para as operetas “O Voô de Lindbergh” e “Os Sete Pecados Capitais”, concerto com orquestra, coro e balé da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a convite de Ana Botafogo. Ano passado, estreou “LBV 721”, com o balé do Hagen Theater, Alemanha. Coreógrafo oficial da escola de samba Portela em 2007, 2008 e 2010. Premiado em diversos festivais, como o de Joinville e o Passo de Arte – neste, como melhor coreógrafo em 1999 e 2000. Destaque de melhor coreografia pela crítica especializada do Festival de Joinville em 1996 e 1999. Melhor coreógrafo do estado de São Paulo pela Promodança de 1995 a 1999. Recebeu premiação especial de melhor grupo do Festival de Joinville em 2008 e 2009, melhor coreógrafo dos festivais CBDD (2003), Festival da Arte de Dançar (2003 e 2004), Magic Dance (2004), entre outros. Conquistou diversos primeiros lugares na categoria de clássico avançado em Joinville, de 2007 a 2009. Em 2008, criou para a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e para a Cia. de Dança de Ourinhos. Coreografou obras que representaram o Brasil na Argentina, Bulgária, China, Estados Unidos e Suíça.

*Frank Ejara: fez parte do primeiro grupo profissional de street dance no Brasil, o DMC Tour, em 1992. Quatro anos após, começou a desenvolver um detalhado estudo sobre as origens e fundamentos das danças breaking, popping e locking. Em 1999, criou a Cia. Discípulos do Ritmo, se apresentado em vários países com suas cinco criações. A mais recente é “Urbanóides 2.0”. Como professor, desenvolve workshops para preparar a nova geração e aprimorar dançarinos profissionais. Mantém sua vida dentro da cultura hip hop, criando e promovendo eventos como o M.U.Dança e Hot Moves, que apresenta os pioneiros das danças urbanas ao Brasil para compartilhar história e conhecimento com a cena local. Foi curador do evento Encontro das Ruas, no Festival de Dança de Joinville, em 2009, e também integrou a comissão técnica este ano. Participou de diversas campanhas publicitárias na TV, como as da C&A, Free Jazz Festival 94, Volks “Volksbus”, White Westinhouse, Sebrae – Rock in Rio 2001, Rádio One (veiculado na Bélgica e Suíça), além de videoclipes.

*Jomar Mesquita: professor, coreógrafo e bailarino, dirige a Associação Cultural Mimulus, a Mimulus Cia. de Dança e a Mimulus Escola de Dança, desde 1990, desenvolvendo extenso trabalho de pesquisa das danças a dois em seus países de origem. Dirigiu e coreografou todos os espetáculos da Mimulus. Criando uma linguagem própria e inovadora, que se renova a cada espetáculo, alcançou prêmios e críticas favoráveis pelo mundo. Em 2001 e 2002, recebeu o prêmio Sesc/Sated como melhor coreógrafo. Seus espetáculos já lhe renderam dezenas de premiações, como o maior público de dança, melhor espetáculo, coreógrafo, bailarino, iluminação, figurino, cenário e trilha sonora. Na Bienal da Dança de Lyon, França, além de apresentar espetáculos em 2002 e 2006, foi responsável pela direção das aulas abertas, realizadas em praças, contando com cerca de 600 alunos em cada uma. Esta mesma atuação se repetiu na bienal de 2010. Já se apresentou e ministrou aulas por todo o Brasil, América do Sul, Canadá, Estados Unidos e Europa. É professor convidado no curso de pós-graduação em dança de salão da Faculdade Metropolitana de Curitiba (Famec). Coreografou o espetáculo “Jurei pro Amor um Dia te Encontrar”, para a Cia. Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, com estreia dia 18 de agosto de 2010, em Joinville.

*Tati Sanchis: especializada em jazz, hip hop e coreografia pop/comercial no Edge Performing Arts Center e Millenium Dance Complex, em Los Angeles, e teatro musical no Broadway Dance Center, em Nova York. Professora e jurada dos maiores festivais de dança do Brasil, como o Festival de Dança de Joinville e o Encontro Latino Americano de Dança. Diretora do Class Masters, curso de atualização para professores na área de street/hip hop. Já ministrou aulas na Argentina, Costa Rica, Espanha, Estados Unidos, Itália, México, Paraguai, Peru, Portugal e Suíça. Jurada, coreógrafa e professora do programa “High School Musical – A Seleção”, do Disney Channel/SBT. Diretora artística e coreógrafa da turnê “High School Musical Brasil”, da Sony BMG. Mantém escola de dança em Perdizes, São Paulo, e é diretora e coreógrafa da Cia. de Performance, junto com Henrique Bianchini.

CURADORIA

O papel do curador num festival de dança é fundamental, pois é ele quem delineia o perfil do evento. Entre suas funções, está a de intermediar o relacionamento dos profissionais convidados, jurados e professores com os organizadores. E a tarefa, com a autonomia requerida, foi confiada à professora e coreógrafa Bia Mattar.

Formada pela Escola de Ballet Evelyn, em São Bernardo do Campo (SP), frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento no Brasil e no exterior, entre eles: clássico, jazz, moderno e sapateado. Como bailarina, atuou profissionalmente em diversas montagens e produções paulistas e catarinenses. Como professora, atua em escolas de dança, projetos sociais e institucionais de fomento à arte e à criação artística nos âmbitos público e privado. Diretora e coreógrafa do Grupo Perc Pé-Patibiribia de sapateado, é proprietária da Escola Garagem da Dança, em Florianópolis.

Professora e jurada de festivais e mostras de dança nacionais e internacionais. Ex-diretora do Centro Integrado de Cultura (CIC) de Santa Catarina. Ex-membro do Conselho Estadual de Cultura do Estado de Santa Catarina. Representante da Associação Profissional de Dança de Santa Catarina (Aprodança) no Conselho Municipal de Cultura de Florianópolis para a Lei de Incentivo à Cultura. É representante na região Sul do International Tap Association (TAP). Correspondente do “Jornal da Dança” e da revista “Dançar” na região Sul.

CONVIDADO

O grupo de dança de rua D-Efeitos, de São Paulo, é o convidado para abrir o Prêmio Desterro. Formado por André Bidu, André Dedo e Renan Livi, apresentará o pocket show “Primeiro Ato”, com duração de 15 minutos. O espetáculo coreografado por Bidu tem como base a glitch music – música eletrônica com adição de defeitos de programação que incrementam o ritmo – e diversas técnicas de danças urbanas. Com movimentos fragmentados e vibrados, acelerados e desacelerados, o elenco reproduz a música em forma de expressão artística matemática. Cada uma das notas e defeitos musicais se torna movimento e ilusão corporal.

Representante da nova geração da dança de rua brasileira, o trio se oficializou como D-Efeitos ano passado e, neste curto período, já conquistou premiações importantes no circuito brasileiro da dança e em programas de televisão. Nas quatro competições nacionais em que participou, levou a primeira colocação e em todas recebeu algum tipo de premiação ou indicação a destaque. Inclui-se aí o primeiro lugar no Festival de Joinville 2009 e 2010, na categoria dança de rua trio avançado.

Ainda em dezembro de 2009, no SBT, venceu o programa “Qual É o Seu Talento?”, que teve 50 mil inscritos, durou cinco meses e deu 100 mil reais em barras de ouro aos dançarinos. A visibilidade fez disparar em pouquíssimo tempo as visualizações do grupo em sites de compartilhamento de vídeo, blogs e comunidades online.

INGRESSOS

Os ingressos para as noites competitivas no Teatro Governador Pedro Ivo custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (estudantes, idosos e titulares do Clube do Assinante do jornal “Diário Catarinense”, mais um acompanhante). As poltronas não são numeradas e as entradas podem ser adquiridas nos seguintes pontos de venda:

*Teatro Governador Pedro Ivo: diariamente, das 14h00 às 20h00. Anexo ao Centro Administrativo do Governo do Estado de Santa Catarina, Rodovia SC-401, km 5, nº 4.600, Saco Grande, Florianópolis. Informações: (48) 3233-7229 e www.teatropedroivo.sc.gov.br.

*Centro Integrado de Cultura (CIC): até sexta-feira, das 13h00 às 19h00. Avenida Irineu Bornhausen, nº 5.600, Agronômica, Florianópolis. Informações: (48) 3953-2300 e www.fcc.sc.gov.br.

*Teatro Álvaro de Carvalho (TAC): até sexta-feira, das 13h00 às 19h00. Rua Marechal Guilherme, nº 26, centro, Florianópolis. Informações: (48) 3028-8070/3028-8071 e www.tac.sc.gov.br.

*Centro Cultural Kirinus: Rua Lauro Linhares, nº 1.335, Trindade, Florianópolis. Informações: (48) 3233-6868 e www.kirinus.com.br.

*Espaço Arte Saúde. Rua Desembargador Ferreira Bastos, nº 48 (térreo, anexo ao Colégio Visão), Coqueiros, Florianópolis. Informações: (48) 3039-0205 e www.espacoartesaude.com.br.

*Salão de Dança – Ensino Arte Cultura. Avenida Santa Catarina, nº 1589, Balneário do Estreito, Florianópolis. Informações: (48) 3207-4675 e www.salaodedanca.com.br.

*Studio de Dança Fabiano Silveira. Rua São Jorge, nº 202 (atrás do Hippo Supermercado), centro, Florianópolis. Informações: (48) 3222-9292 e www.fabianosilveira.com.br.

*Ateliê da Dança. Avenida Presidente Nereu Ramos, nº 687, Campinas, São José. Informações: (48) 3241-9925 e www.ateliedadanca.com.br.

*Centro de Dança Passo a Passo. Rua Delamar José da Silva, nº 254, Kobrasol, São José. Informações: (48) 3035-1886.

WORKSHOPS

Cinco workshops serão oferecidos durante o festival. As aulas, ministradas pelos jurados do evento, ocorrerão no fim de semana (21 e 22), em diferentes locais da cidade, com opções para os períodos da manhã e da tarde. Os cursos têm carga horária de 180 minutos cada (90 minutos por dia). A taxa da matrícula é de R$ 50,00 por workshop, mas quem se inscrever em mais de uma modalidade ganha 10% de desconto. Também há opção de aula avulsa em qualquer um deles, ao custo de R$ 35,00. As inscrições devem ser feitas nos próprios locais onde eles ocorrerão. As vagas são limitadas.

Balé – Tíndaro Silvano (Belo Horizonte/MG)

*9h30 às 11h00: Associação Cultural Arte.Dança, Rua Coronel Lopes Vieira, nº 140 (ao lado da Praça Dom Pedro I, onde situa-se o Hemosc), centro. Fone: (48) 3879-9978.

*14h00 às 15h30: Bia Vilela Espaço de Dança, Rua Madeira Neves, nº 76 (próximo ao Largo Benjamin Constant), centro. Fone: (48) 3224-4737.

Contemporâneo – Henrique Talmah (Rio de Janeiro/RJ)

*16h00 às 17h30: Studio de Dança Fabiano Silveira. Rua São Jorge, nº 202 (atrás do Hippo Supermercado), centro. Fone: (48) 3222-9292

Dança de rua – Frank Ejara (São Paulo/SP)

*11h30 às 13h00 ou 15h00 às 16h30: Salão de Dança – Ensino Arte Cultura. Avenida Santa Catarina, nº 1589, Balneário do Estreito. Fone: (48) 3207-4675.

Dança de Salão – Jomar Mesquita (Belo Horizonte/MG)

*11h00 às 12h30 ou 15h00 às 16h30: Centro Cultural Kirinus, Rua Lauro Linhares, nº 1335, Trindade. Fone: (48) 3233-6868.

Jazz – Tati Sanchis (São Paulo/SP)

*9h30 às 11h00 ou 13h30 às 15h00: Espaço Arte Saúde. Rua Desembargador Ferreira Bastos, nº 48 (térreo, anexo ao Colégio Visão), Coqueiros. Fone: (48) 3039-0205.

FESTA

A festa oficial do evento será no sábado (21), a partir das 23h00, no piso G2 do Majestic Palace Hotel. A ideia é proporcionar uma noite de confraternização entre participantes, equipe de produção, jornalistas e colaboradores, tornando-se o ponto de encontro dos bailarinos com o público. O salão de 750 metros quadrados, com vista panorâmica da Avenida Beira-Mar Norte, vai ganhar lounges e som de DJ e da banda Marleua – que vai animar os convidados com swing e samba-rock. Os ingressos antecipados custam R$ 20,00 e R$ 10,00 (bailarinos com a credencial do festival). No dia 21, os valores passam para R$ 30,00 e R$ 20,00, respectivamente. Majestic Palace Hotel: Avenida Beira-Mar Norte, nº 2746, centro – (48) 3231-8000 – www.majesticpalace.com.br. Pontos de venda:

*Centro Cultural Kirinus: Rua Lauro Linhares, nº 1.335, Trindade, Florianópolis. Informações: (48) 3233-6868 e www.kirinus.com.br.

*Espaço Arte Saúde. Rua Desembargador Ferreira Bastos, nº 48 (térreo, anexo ao Colégio Visão), Coqueiros, Florianópolis. Informações: (48) 3039-0205 e www.espacoartesaude.com.br.

*Salão de Dança – Ensino Arte Cultura. Avenida Santa Catarina, nº 1589, Balneário do Estreito, Florianópolis. Informações: (48) 3207-4675 e www.salaodedanca.com.br.

*Studio de Dança Fabiano Silveira. Rua São Jorge, nº 202 (atrás do Hippo Supermercado), centro, Florianópolis. Informações: (48) 3222-9292 e www.fabianosilveira.com.br.

*Ateliê da Dança. Avenida Presidente Nereu Ramos, nº 687, Campinas, São José. Informações: (48) 3241-9925 e www.ateliedadanca.com.br.

*Centro de Dança Passo a Passo. Rua Delamar José da Silva, nº 254, Kobrasol, São José. Informações: (48) 3035-1886.

APOIOS & PATROCÍNIOS

O Prêmio Desterro – I Festival de Dança de Florianópolis é realizado com patrocínio da Hantei Engenharia, Prosul – Projetos Supervisão e Planejamento, Clínica Accioli de Vasconcellos – Cirurgia Plástica e apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis por meio da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Audi Breitkopf, site Guia Floripa, Supply Cosméticos e TVCOM.

PROGRAMAÇÃO

20/08 – sexta-feira – 19h00

Convidado

01. D-Efeitos (São Paulo/SP): “Primeiro Ato”, dança de rua, de André Bidu.

Jazz – conjunto – júnior

02. Grupo Mery Rosa (Itajaí/SC): “Flash Back”, de Mery Rosa.

03. Paulo Almuas Grupo de Dança (Jaraguá do Sul/SC): “Vamos Nessa”, de Paulo Almuas.

04. Grupo de Dança Adriana Alcântara (Balneário Camboriú/SC): “Raízes”, de Adriana Alcântara.

05. Racer Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Party Night”, de Guta Doin.

06. Grupo de Dança Kaiorra (Camboriú/SC): “Raça, Swing e Cor”, de Iolanda Hahn.

Dança contemporânea – duo – adulto

07. Grupo Tânmatra (Orleans/SC): “Viajantes”, de Rosimeri Debiasi Niehues.

08. Khala Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Abraça-me”, de Marcelo Cavalcanti.

09. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Volver”, de Letícia Paranhos.

10. Grupo Tânmatra (Orleans/SC): “Ao Pé do Boiadeiro”, de Rosimeri Debiasi Niehues.

Dança de salão – conjunto – júnior

11. Cia. de Dança de Pinhais (PR): “Tango”, de Luciana Senise de Oliveira Martins.

12. Academia Dança Comigo (Butiá/RS): “Bailando la Salsa”, de Nilza Terezinha da Silva Araújo.

Dança popular – conjunto – adulto

13. Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral (Itapema/SC): “Los Macetes/Vera Cruz”, de Lisiane Gil da Cruz.

14. Escola de Dança Athenè Tamisier (Florianópolis/SC): “Alegria Parisiense”, de Athenè Tamisier.

15. Grupo Experimental Nureen (Florianópolis/SC): “Pilares”, de Daniela Wolff.

16. Grupo Expressão Vital Terceira Idade – Sesc (Florianópolis/SC): “Dança Açoriana”, de Geovana de Oliveira.

17. Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro de Criciúma (SC): “La Bella Risca”, de Miguel Vótre Junior.

18. Aisha Munira – Danças Orientais (Florianópolis/SC): “Sons do Nilo”, de Aisha Munira.

19. Grupo Experimental Caminos (Florianópolis/SC): “Valioso Es por Mi Tu Querer”, de Carol Ferrari.

20. Grupo de Dança Olho de Hórus (Florianópolis/SC): “Dança Núbia”, de Murilo do Nascimento Possebom.

21. Domínio – Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Sedução Cigana”, de Silvia Bragagnolo.

22. Nureen Cia. de Dança Árabe (Florianópolis/SC): “Helwa”, de Daniela Wolff.

23. Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral (Itapema/SC): “Morte e Ressurreição do Boi”, de Lisiane Gil da Cruz.

Dança contemporânea – trio – adulto

24. Art & Manhas (Rio Grande/RS): “Três Pianos para o Abandono”, de Eduardo Menezes.

25. Khala Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Sem me Olhar”, de Marcelo Cavalcanti.

26. Uma Cia. de Dança (Florianópolis/SC): “Resiliência”, de Deivison Garcia.

27. Núcleo de Dança Faculdade da Serra Gaúcha (Caxias do Sul/RS): “Singular”, de Gislaine Sacchet.

Dança de rua – conjunto – júnior

28. Grupo de Dança Bom Jesus Coração de Jesus (Florianópolis/SC): “Alinhadas”, de Giovana Vieira.

29. Grupo de Dança Andreia Mendes – FCT (Timbó/SC): “Close”, de Mickael Ramos.

30. Grupo Feeling da Academia Attitude (São José/SC): “Identidade”, de Cati Borba.

31. Gahp Jr (Blumenau/SC): “Batucada”, de Bruna Oechsler.

32. Unite Company (Curitiba/PR): “Ritmo e Poesia”, de Andi Batista.

21/08 – sábado – 19h00

Balé clássico – conjunto – adulto

01. Grupo de Dança Studio D1 (Curitiba/PR): “O Quebra-Nozes” (trecho do 2º ato), remontagem de Dora de Paula Soares.

Jazz – duo – adulto

02. Eliane Fetzer Centro de Dança (Curitiba/PR): “Eu Acho Dificil Dizer…”, de Eliane Fetzer.

Balé clássico – conjunto – junior

03. Art & Manhas (Rio Grande/RS): “Masquerade”, de Doris Ramis.

Dança contemporânea – conjunto – adulto

04. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Last Flowers”, de Letícia Paranhos.

05. Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral (Itapema/SC): “Liberdade dos Negros”, de Lisiane Gil da Cruz.

06. Studio de Dança do IEE (Florianópolis/SC): “Sintonia”, do grupo.

07. Art & Manhas (Rio Grande/RS): “As Cinzas”, de Eduardo Menezes.

08. Grupo de Dança Francielly Reis (São José/SC): “Chove, Não Molha”, de Francielly Reis.

09. Cia. de Dança de Pinhais (PR): “Segredos do Egito”, de Luciana Senise de Oliveira Martins.

10. Grupo de Dança Univali (Itajaí/SC): “O que se Espera”, do grupo.

11. Uma Cia. de Dança (Florianópolis/SC): “Resiliência”, de Deivison Garcia.

12. Grupo Mery Rosa (Itajaí/SC): “Balance”, de Mery Rosa.

13. Academia de Dança Fabiano Narciso (Florianópolis/SC): “A Bagagem”, de Vinicius Coelho e Gutto Heinzen.

14. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Enlace”, de Letícia Paranhos.

15. Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral (Itapema/SC): “Campesinas”, de Lisiane Gil da Cruz.

Dança popular – conjunto – júnior

16. Universo do Ventre (Florianópolis/SC): “Viva Saidi”, de Cecília Azevedo Rodrigues.

Balé clássico – solo – adulto

17. Eugênio Gidali Cia. da Dança (Florianópolis/SC): “Na Praça”, de Lucas Schoeninger.

18. Ballet Juvenil de Florianópolis (SC): “Bodas de Aurora”, de Marius Petipa/remontagem de Patrícia Sarda.

19. Suzana D’Ávila Studio de Dança (Porto Alegre/RS): “In Time”, de Uiliam Machado.

20. Ballet Juvenil de Florianópolis (SC): “Esmeralda”, de Jules Perrot/remontagem de Patrícia Sardá.

21. Grupo de Dança Francielly Reis (São José/SC): “Despedida”, de Francielly Reis.

22. Ballet Juvenil de Florianópolis (SC): “Carnaval em Veneza” (“Satanella”), de Marius Petipa/remontagem de Patrícia Sardá.

Sapateado – conjunto – adulto

23. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Slide”, de Gabriela Santos.

Dança de salão – duo – adulto

24. Dance Sempre (Curitiba/PR): “Cai Dentro”, de Kelson Costa.

25. Centro Cultural Kirinus (Florianópolis/SC): “In Certo Presente”, de Gabriel Ferreira e Lidiani Emmerich.

26. Ateliê Grupo de Dança (São José/SC): “Tudo Bem”, de Leandro Murillo dos Santos.

27. João Biasotto & Priscila Mol (Florianópolis/SC): “Tanguera”, de João Biasotto e Priscila Mol.

28. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Zouk”, de Luis Felipe.

Jazz – conjunto – adulto

29. Escola de Dança Athenè Tamisier (Florianópolis/SC): “Dancing”, de Bob Fosse/adaptação Athenè Tamisier.

30. Eliane Fetzer Centro de Dança (Curitiba/PR): “A Luz, o Sentimento e as Mentiras”, de Eliane Fetzer.

31. Gliter Cia. de Dança (Florianópolis/SC): “Magic”, de Guta Doin.

32. Grupo de Dança Francielly Reis (São José/SC): “Casual”, de Francielly Reis.

33. Cia. de Dança Cacá Berka (Florianópolis/SC): “Fragmentos da Alma”, de Clarissa Berka.

34. Grupo de Dança Univali (Itajaí/SC): “Narciso Acha Feio o que Não É Espelho”, de Leandro de Ávila.

35. Grupo de Dança Adriana Alcântara (Balneário Camboriú/SC): “Nocturne”, de Adriana Alcântara e Caio Nunes.

36. Laboratório da Dança (Porto Alegre/RS): “Fusão”, de Letícia Paranhos.

37. Escola de Dança Athenè Tamisier, Florianópolis (SC): “Wappy Mama”, de Athenè Tamisier.

22/08 – domingo – 19h00

Balé clássico – conjunto – adulto

01. Associação Cultural Arte.Dança (Florianópolis/SC): “Amigas de Swanilda” (balé “Coppélia”), de Arthur Saint-Léon.

Dança contemporânea – conjunto – júnior

02. Paulo Almuas Grupo de Dança (Jaraguá do Sul/SC): “O que Quiser que Seja”, de Paulo Almuas.

03. Grupo Mery Rosa (Itajaí/SC): “Sono Arretado”, de Mery Rosa.

Jazz – trio – adulto

04. Grupo de Dança Univali (Itajaí/SC): “Antonietas”, de Leandro de Ávila e David Ruan Costa Nunes.

05. Eliane Fetzer Centro de Dança (Curitiba/PR): “Por minhas Próprias Palavras”, de Eliane Fetzer.

Dança de salão – conjunto – adulto

06. RB Cia. de Dança (Florianópolis/SC): “São Só Garotos”, de Ronaldo Rodrigues e Bi Almeida.

07. Mutirão de 2 Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Fim de Maio”, do grupo.

08. Vida Saudável com Dança (Florianópolis/SC): “Tango Queer e Líber”, de Fabiano Narciso.

09. RB Master Cia. de Dança (Florianópolis/SC): “Como nos Velhos Tempos”, de Ronaldo Rodrigues.

10. Ateliê Grupo de Dança (São José/SC): “Mandingueiro”, de Leandro Murillo.

11. Centro Cultural Kirinus (Florianópolis/SC): “Assanhado”, de Aline Menezes e Gabriel Ferreira.

12. Grupo de Dança Adriana Alcântara (Balneário Camboriú/SC): “Implicante”, de Waldir Coral.

13. RB Studio de Dança (Florianópolis/SC): “Terra do Nunca”, de Ronaldo Rodrigues.

Dança contemporânea – solo – adulto

14. Khala Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Três Tempos”, de Marcelo Cavalcanti.

15. Grupo de Dança Andreia Mendes – FCT (Timbó/SC): “Cartas para Você”, de Wald Oliveira.

16. Associação Cultural Arte.Dança (Florianópolis/SC): “Desconstrução”, de Juliana Lourenção.

17. Suzana D’Ávila Studio de Dança (Porto Alegre/RS): “Paciência”, de Suzana D’Ávila.

18. Núcleo de Dança Faculdade da Serra Gaúcha (Caxias do Sul/RS): “Errante”, de Gislaine Sacchet.

19. Grupo de Dança Adriana Alcântara (Balneário Camboriú/SC): “Sala de Espera”, de Fernando Dalla Nora.

20. Khala Grupo de Dança (Florianópolis/SC): “Ao Som de um Tango”, de Marcelo Cavalcanti.

Balé clássico – trio – adulto

21. Associação Cultural Arte.Dança (Florianópolis/SC): “Trio do Reino das Sombras” (“La Bayadère”), de Marius Petipa.

Dança de rua – conjunto – adulto

22. Lótus Cia. de Dança (Curitiba/PR): “O Rito do Clã”, de Luana Souza e Pamela Calciolari.

23. Grupo de Dança Andreia Mendes – FCT (Timbó/SC): “Outdoor”, de Daniel Venturi.

24. Seed’ance (São José/SC): “Dando as Cartas”, de Diego Tavares e Juliana Querino.

25. So Charm – Centro Cultural Kirinus (Florianópolis/SC): “Midnight”, de Rafaelle de Oliveira, Renan Péres e Simone Cherem.

26. Art & Manhas (Rio Grande/RS): “Do It”, do grupo.

27. Lótus Cia. de Dança (Curitiba/PR): “Padma”, de Luana de Souza.

28. Unite Company (Curitiba/PR): “Colors Movement”, de Andi Batista.

29. Grupo de Dança Andreia Mendes – FCT (Timbó/SC): “Transição”, de Daniel Venturi.

30. Hip Hop Soul (Florianópolis/SC): “Mov&danças”, de Bruno de Carvalho.

Prêmio Desterro online:

Site: www.premiodesterro.com.br

Orkut: PremioDesterro .

Facebook: facebook.com/premiodesterro

Twitter: @premiodesterro

Assessoria de comunicação:

Marcos Reichardt Cardoso (SC 00461 JP)

(48) 9972-0991

marcosreichardtcardoso@yahoo.com.br

Art & Manhas - Rio Grande (RS)

Domínio _ Grupo de Dança - Florianópolis (SC)

Escola de Dança Athenè Tamisier - Florianópolis (SC)

Gaph Jr - Blumenau (SC)

Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro de Criciúma (SC)

Khala Grupo de Dança - Florianópolis (SC)

Unite Company - Curitiba (PR)

Anúncios

Uma resposta para “Começa amanhã o I Prêmio Desterro! Saiba tudo sobre a Mostra aqui no Dança Catarina!

  1. Pingback: Programação para o final de semana « Dança Catarina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s