Galeria

Anderson Mendes e Brenda Carvalho são os grandes vencedores da Dança de Salão no Prêmio Desterro

      Os paulistas de São Bernardo do Campo, Anderson Mendes e Brenda Carvalho, consagraram-se ontem a noite, no palco do Prêmio Desterro, uma das mais importantes mostras competitivas de dança do país, mostrando por que estão hoje no olimpo da dança de salão brasileira, com padrão de qualidade e técnica internacional. O casal de bailarinos arrebatou os prêmios de Melhor dança de salão clássica com a coreografia  “Samba Brasil” e Melhor dança de salão contemporânea: com a coreografia“Lanterna dos Afogados”, além é claro, dos primeiros lugares em cada categoria que participaram, Dança de salão clássica – duo – adulto Dança de salão contemporânea – duo – adulto.

Anderson Mendes e Brenda Carvalho - Samba Brasil

Anderson Mendes e Brenda Carvalho – Samba Brasil

Na categoria Dança de Salão Clássica – conjunto – adulto, primeiro lugar para o coreógrafo Nando Berto e a Cia de Dança Nando Berto com a coreografia “Paradoxo”, o coreógrafo de Florianópolis levou também a primeira colocação na categoria Dança de Salão Contemporânea – conjunto – adulto com a coreografia “Para Esquecer”, dividindo a premiação com o coreógrafo Ruan Patrício, da Ritmo Grupo de Dança com a coreografia “Sem Rumo”.

O resultado apenas confirma o que já se tem observado nos eventos de dança de salão no estado, Nando Berto e Juan Patrício despontam entre os mais talentosos jovens coreógrafos da atualidade, sempre com trabalhos muito elaborados, instigantes, técnicos e muito criativos.

Nesse segundo dia de Prêmio Desterro (17/8) concorrentes de mais três gêneros subiram ao palco do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura. Divididas em duas sessões, 17h e 19h30, foram exibidas 60 coreografias de dança contemporânea, 10 danças de salão clássicas e 12 danças de salão contemporâneas.

Conforme o regulamento da Mostra os três primeiros classificados nos subgêneros solo feminino e masculino, duo, trio e conjunto das três categorias – júnior, sênior e adulto – receberam troféus. Em seguida, foram premiados com R$ 1 mil e mais um troféu os melhores trabalhos de cada gênero.

A comissão julgadora foi formada por Alex Soares, André Pires (Rockmaster) e Marisa Pivetta, de São Paulo; Bia Mattar, de Florianópolis; Cristina Martinelli, do Rio de Janeiro; Cristovão Christianis, de Porto Alegre; e Tindaro Silvano, de Belo Horizonte.

Apesar de não ser o foco dessa editora cumpre destacar o maravilhoso e hipnotizante trabalho apresentado pela Cia. Nós da Rua, Três Rios/RJ que levou o prêmio de Melhor dança contemporânea com a coreografia “O que É Ser Humano”, de Rafa Santos.

 Confira os vencedores dessa noite:

Dança de salão clássica – duo – sênior 

*1° lugar: não houve classificação

*2° lugar: “Hip Hop Samba Funk”, de Léo Gomes. Casa de Dança Tatiana Asinelli, Curitiba/PR

*3° lugar: não houve classificação

Dança de salão clássica – duo – adulto

*1° lugar: “Samba Brasil”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo/SP

*2° lugar: “Rumba de Bravos”, de Washington Passos e Carina Trombin. Cia. de Dança Washington Passos e Carina Trombin, Curitiba/PR

*3° lugar: empate

-“Chamas”, de Mairon Demarchi. Cia. de Dança Rosa Demarchi, Cabo Frio/RJ

-“Tormenta”, de Alexandre Souza e Eliza Moritz. Casarão da Dança, Florianópolis/SC

Dança de salão clássica – conjunto – adulto

*1° lugar: “Paradoxo”, de Nando Berto. Cia. Nando Berto, Florianópolis/SC

*2° lugar: fragmento do espetáculo “Viagem no Tempo”, de Diego Tavares. Seed’ance Company, São José/SC

*3° lugar: “Samba Quebrado”, de Tatiana Leme. Base/Cenarium Escola de Dança, Florianópolis/SC

> Melhor dança de salão clássica: “Samba Brasil”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo/SP – R$ 1 mil

………………………………………………………………………………………………………….

 Dança de salão contemporânea – duo – adulto

*1° lugar: “Lanterna dos Afogados”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo/SP

*2° lugar: “Saga”, de Nando Berto. Cia. Nando Berto, Florianópolis/SC

*3° lugar: empate

-“Ainda”, de Maria Claudia e Rodolfo Lorandi. Maria Claudia Reginato e Rodolfo Lorandi/Grão Cia. de Dança/Cenarium Escola de Dança, Florianópolis/SC

-“Encontrando o Destino”, de Ruan Patrício e Bruna Lídia. Bi Almeida Cia. de Dança, Florianópolis/SC

 Dança de salão contemporânea – conjunto – sênior

*1° lugar: não houve classificação

*2° lugar: “Baião Destemperado”, de Mariana Reis Leal Fernandes. Sem Estrutura Grupo de Dança, Campo Grande/MS

*3° lugar: não houve classificação

Dança de salão contemporânea – conjunto – adulto

*1° lugar: empate

“Para Esquecer”, de Nando Berto. Cia. Nando Berto, Florianópolis/SC

-“Sem Rumo”, de Ruan Patrício. Ritmo Grupo de Dança, Florianópolis/SC

*2° lugar: “Fuck You”, de Izabela Gavioli e Lelio Santos. Grupo Laços Dança de Salão Contemporânea, Porto Alegre/RS

*3° lugar: não houve classificação

> Melhor dança de salão contemporânea: “Lanterna dos Afogados”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo/SP – R$ 1 mil

………………………………………………………………………………………………………….

Anderson Mendes e Brenda Carvalho - Lanterna dos Afogados

Anderson Mendes e Brenda Carvalho – Lanterna dos Afogados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s