Galeria

CAMPEÕES DO PRÊMIO DESTERRO – 4° FESTIVAL DE DANÇA DE FLORIANÓPOLIS

A Cia. Nós da Rua, de Três Rios (RJ), é a grande campeã do Prêmio Desterro 2013 – 4° Festival de Dança de Florianópolis, que encerrou ontem a noite, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Entre os 91 grupos que concorreram com 233 coreografias nos nove gêneros competitivos, ela foi considerada pelo conjunto da obra o melhor de todo o evento, levando a premiação de R$ 10 mil. A Faces Ocultas Cia. Experimental, de Salto (SP), o Eliane Fetzer Centro de Dança e o Street Extreme, ambos de Curitiba, também foram indicados ao título.

ETG_0207

Trazendo 14 integrantes, esta foi a primeira participação da companhia fluminense no Prêmio Desterro, para o qual ganhou direito de inscrição de uma coreografia sem seleção e isenta de taxa de inscrição ao conquistar o Festival Internacional de Dança de Cabo Frio (RJ), em setembro do ano passado. O sistema de parceria entre os festivais garante uma vaga para o vencedor. O coreógrafo e diretor Rafa Santos não só confirmou a oportunidade como inscreveu 10 trabalhos criados por ele: quatro de jazz, quatro danças contemporâneas e duas danças urbanas, todas na categoria adulto.
Sexta-feira, quando competiram os espetáculos de jazz, a Nós da Rua classificou-se em segundo lugar no solo feminino (“Incômodo”) e no trio (“Algo Entre Nós”) e em primeiro no duo (“Bem-estar”) e no conjunto (“Mundo dos Homens”), sendo o último eleito o melhor do gênero, ganhando R$ 1 mil. Sábado, dentro das danças contemporâneas, alcançou à terceira colocação no solo feminino (“Antes Só, que Mal Acompanhada”) e a primeira no duo adulto (“Tudo em Preto e Branco”) – empatada com a Bi Almeida Cia. de Dança (“Plenitude”), de Florianópolis –, como também no conjunto adulto (“O que É Ser Humano”), que lhe rendeu o troféu de melhor deste gênero e mais R$ 1 mil. Domingo, suas danças urbanas ficaram em segundo lugar no solo feminino (“As Aparências Enganam”) e no conjunto (“No Rules, Rock It”).

Prêmio Destaque
Na noite de encerramento, também foi entregue o Prêmio Destaque, no valor de R$ 2 mil, ao dançarino Sandrinho, do Nostrink, de Florianópolis. Ele mereceu o reconhecimento por sua pesquisa em danças urbanas e pela interpretação de “Essência”, trabalho que ganhou o primeiro lugar no solo masculino deste gênero.
Os demais indicados foram Ruan Patrício, da Bi Almeida Cia. de Dança, de Florianópolis, como coreógrafo revelação; Juliana Figueredo, do Ballet do Instituto Estadual de Educação, de Florianópolis, como repositora de balé de repertório; Eladio Prados Neto, do Street Extreme, de Curitiba, pela coreografia; Adriano Oliveira Soares, de Porto Alegre, como coreógrafo; e o Ballet Vera Bublitz, de Porto Alegre, pela reposição de balé de repertório.

Melhores bailarinos
A partir deste ano, a melhor bailarina e o melhor bailarino recebem prêmio em dinheiro de R$ 500,00 cada um. Julia Meirelles, do Eliane Fetzer Centro de Dança, de Curitiba, foi a escolhida entre mais duas indicadas: Carolina Pegurelli, do Grupo Jovem Paulista, de São Paulo, e Ellen Fontana, do Ballet do Instituto Estadual de Educação, de Florianópolis. Já entre os homens, foi eleito Paulo Paim, da Academia de Dança Maria Ester, de Dourados (MS). Com ele, foram indicados também Ruan Patrício, da Bi Almeida Cia. de Dança, de Florianópolis; Arthur Samaan, do Street Extreme, de Curitiba; Kauan Soares, do Phabilis Studio de Dança, de São Paulo; e Jonas Moraes, do Centro de Danças Mavi Chiachieto, de São Paulo.

YAGP
Novidade na edição deste ano do Prêmio Desterro, quatro bailarinos entre todos os participantes com idade máxima de 19 anos foram indicados para a etapa seletiva do Youth America Grand Prix (YAGP) no Brasil, que será realizada em outubro próximo, em São Paulo. Os escolhidos serão isentos de taxa de inscrição, ganharão passagens e hospedagem durante a sua realização e concorrerão a vagas para disputar a etapa final, em abril de 2014, em Nova Iorque – onde os vencedores serão premiados com bolsas de estudos nas melhores escolas de dança da Europa e Estados Unidos.
Os apontados são Barbara Mel Pereira, do Grupo de Dança Camila Lorenzetti, de Barra Velha (SC); Kauan Soares, do Phabilis Studio de Dança, de São Paulo; Luiz Fernando da Silva, da Escola de Dança Fundação Porto Real, de Porto Real (RJ); e Nathalia Schuhart, do Master Ballet, de Blumenau (SC).

Vencedores por gênero
Os primeiros colocados em cada subgênero (solo feminino e masculino, duo, trio e conjunto) das três categorias (júnior, sênior e adulto) em todos os nove gêneros terão vaga garantida para se apresentar na edição seguinte do Prêmio Desterro com coreografia de igual combinação, sem necessidade de passar pelo processo seletivo. Já os melhores de cada gênero, além da premiação de R$ 1 mil, ganharam direito a concorrer no Passo de Arte – Competição Internacional de Dança, que ocorrerá em julho de 2014, em Indaiatuba (SP), porém, deverão adaptar-se ao regulamento e pagar taxa de inscrição.

*Melhor balé clássico: “Time to Breath”, de Mavi Chiachietto. Centro de Dança Mavi Chiachietto, São Paulo

*Melhor balé clássico de repertório: “Le Corsaire”, de Marius Petipa. Grupo Jovem Paulista, São Paulo

*Melhor dança contemporânea: “O que É Ser Humano”, de Rafa Santos. Cia. Nós da Rua, Três Rios (RJ)

*Melhor dança de salão clássica: “Samba Brasil”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo (SP)

*Melhor dança de salão contemporânea: “Lanterna dos Afogados”, de Anderson Mendes e Brenda Carvalho. Anderson e Brenda, São Bernardo do Campo (SP)

*Melhor dança popular: “África em Nós”, de Arilton Carlos de Assunção. Faces Ocultas Cia. Experimental, Salto (SP)

*Melhor dança urbana: “A Batalha dos Mundos”, de Eladio Prados Neto. Street Extreme, Curitiba

*Melhor jazz: “Mundo dos Homens”, de Rafa Santos. Cia. Nós da Rua, Três Rios (RJ)

*Melhor sapateado: “Contrastes”, de Steven Harper. Pró-Dança de Blumenau, Blumenau (SC)

O Prêmio Desterro 2013 reuniu cerca de 900 bailarinos de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e do Chile, que foram avaliados por Alex Soares, André Pires (Rockmaster) e Marisa Pivetta, de São Paulo; Bia Mattar, de Florianópolis; Cristina Martinelli, do Rio de Janeiro; Cristovão Christianis, de Porto Alegre; e Tindaro Silvano, de Belo Horizonte.

Prêmio Desterro online:
Site: http://www.premiodesterro.com.br
Facebook: facebook.com/FestivaldeDanca
Twitter: @premiodesterro

Assessoria de comunicação:
Marcos Reichardt Cardoso (SC 00461 JP)
(48) 9972-0991
marcosreichardtcardoso@yahoo.com.br

ETG_0296

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s