Dança dos Famosos – Afinal o que se avalia?

Apesar de ter jurado que não tornaria a perder meu tempo com o quadro “Dança dos Famosos” exibido durante o programa do Faustão, este ano voltei a relancear meus olhos pela tela em consideração e também curiosidade pela participação de alguns amigos e conhecidos. E como na final deste ano estariam meus dois ritmos preferidos, Tango e Samba o coração falou mais alto.
O primeiro ritmo apresentado pelos casais finalistas, foi o Tango, Osvaldo Zotto deve ter se revirado no túmulo. O Tango padrão Globo é de chorar, falta técnica, falta abraço, falta caminhada, falta respiração, leveza, enfim falta tudo e sobram caricaturas. Mas o que se esperar de quem nunca estudou o ritmo e tem meras duas semanas para apresentar-se? É como as tais coreografias de casamento, o público leigo adora, cheio de dramatizações, caras e bocas. Levando todos estes fatores em consideração e assumindo que o quadro é apenas um entretenimento de massa, as apresentações foram até bem razoáveis com destaque para o casal Patrick Carvalho e Paloma Bernardi que conseguiram passar uma das coisas mais importantes do Tango, a emoção, a cumplicidade, a entrega, a platéia explodiu em aplausos e ao olhar para a minha mãe, que nada entende de dança, percebi seus olhos rasos de lágrimas, emocionada com o que viu.
Patrick me surpreendeu, um dos melhores representantes do samba, criador da incrível Cia Dom, estava totalmente tranquilo e seguro, passou essa confiança par a sua dama e o resultado foi uma apresentação que se não foi tecnicamente perfeita foi equilibrada com movimentos bem acabados e envolventes.
Quando o ritmo passou para o samba, tive a tola esperança de que apesar de tudo apontar para que os vencedores fossem o casal formado pelo famoso e pela bailarina do Faustão, a maestria do professor Patrick poderia mudar o rumo dessa tragédia anunciada. Ledo engano.
Indiscutivelmente Patrick e Paloma formavam a dupla mais qualificada, técnicamente falando. O samba de gafieira dançado pelo outro casal, Marcelo e Raquel, foi no máximo um intermediário e olhe lá, pesado, pernas abertas, fora de ritmo, uma pegada horrível, dei pulos no sofá e mais ainda ao ouvir o tal júri artístico elogiando sem contar a total incoerência do juri artístico que tirou pontos de Patrick e Paloma por duas pegadas e se calou diante de uma apresentação cheia de aéreos, movimentos de forró e absolutamente nada de samba, exceto dois “Romários” e um “pica-pau” muito mal executados. Mas enfim, já devia ter entendido há tempos que a Globo usa o quadro para eleger os seus queridinhos e dar espaço para seus protegidos.
Para quem não viu e para que já viu se deliciar com a linda apresentação da verdadeira gafieira nos pés de um dos maiores mestres do samba, o professor Patrick Carvalho e sua linda Paloma Bernardi.
Que a Dança dos Famosos colabora para a difusão da dança de salão, é indiscutível, mas a que preço? A quantidade de asneiras e bobagens ditas durante o programa é um tremendo desserviço à dança. Outra coisa que é muito difícil engolir, por que não é dado espaço para as mulheres profissionais da dança de salão? As bailarinas do Faustão que nunca fizeram uma aula de bolero na vida colaboram ainda mais no somatório de erros e barbaridades apresentados e isso acaba também por desequilibrar os competidores, pois como elas podem ensinar algo que nunca aprenderam? A bailarina Raquel me causou o que chamamos de vergonha alheia, não finalizou nenhum dos movimentos, dançou com as pernas abertas, joelhos dobrados e foi literalmente carregada pelo famoso!
Para todos que tem uma noção mínima de dança de salão a cada edição deste quadro fica a sensação de impotência diante da poderosa Globo, onde o que impera não é o talento e a qualificação técnica mas sim os interesses e benefícios próprios da emissora.
Anúncios

Uma resposta para “Dança dos Famosos – Afinal o que se avalia?

  1. Na minha opinião particular , digo com toda a sinceridade de que eu não gostei do resultado pois sempre sai alguém prejudicado . Os jurados artísticos e técnicos demonstraram que nada entende de dança . O candidato vencedor ficou na samba de gafieira 80% com a dama fora dos seus braços . Não quero dizer que a dança foi ruim .pelo contrário , foi´ótima mas quando se trata de concurso de gafieira , a regra é bem clara ,ou seja , a dança é nos braços e no chão e os jurados que não tem conhecimento da regra deram 5 notas 10 e uma nota 9.9 para o casal vencedor . Concurso de gafieira é no chão e nos braços e não individual ;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s