Galeria

Temporada de Espetáculos de final de ano começa nesta semana! Confira tudo aqui!

Esta galeria contém 8 fotos.

Dezembro é sem dúvida o mês mais agitado do ano, festas, natal, presentes, as expectativas crescem, o frenesi pulsa nas veias e as emoções transbordam, é a temporada de espetáculos das escolas e academias de dança. É tempo de apresentar … Continuar lendo

Quer se tornar mais inteligente? Então, DANCE!

Sim, é verdade. Quem encarava a dança exclusivamente como uma atividade física, precisa rever os seus conceitos: a dança é um dos meios mais prazerosos de aumentar as suas capacidades cerebrais. Vamos entender o porquê disso?

Primeiramente, quando você dança, o seu cérebro “dança” junto com você! Enquanto ele “dança”, está se mantendo saudável e ativo.  Em uma linguagem mais técnica, a “dança” do cérebro promove um aumento da conectividade e da reestruturação entre as várias regiões do cérebro e  seus neurônios, resultando numa comunicação mais eficaz entre eles e consequentemente em um raciocínio mais rápido.

Observe como funcionam algumas regiões do cérebro de quem dança:

corebox3

* VÉRMIS ANTERIOR – Esta parte do cerebelo recebe informações da medula espinhal e aparentemente age como se fosse um metrônomo, ajudando a sincronizar os passos de dança à música.

* NÚCLEO GENICULADO MEDIAL – Uma interrupção ao longo da via auditiva inferior, esta área aparentemente ajuda a configurar o metrônomo do cérebro e é responsável por nossa tendência para tamborilar os dedos inconscientemente ou balançar o corpo ao ritmo de uma música. Reagimos inconscientemente, pois a região está conectada ao cerebelo, comunicando informações sobre o ritmo sem “falar” com as áreas auditivas superiores no córtex.

* PRECUNEUS – Por conter um mapa baseado nos estímulos sensoriais do próprio corpo, o precuneus ajuda a identificar o trajeto de um dançarino a partir de uma perspectiva voltada para o  corpo, ou egocêntrica.

frontpage_01Jean Piaget, o grande pensador suíço conhecido por organizar o desenvolvimento cognitivo em uma série de estágios, declarou que a inteligência é aquilo que usamos quando não sabemos o que fazer. Logo, para ser inteligente é preciso saber tomar decisões rápidas, certo? Imagine então um casal de tango se movimentando em um salão: cada movimento realizado ali exige uma vasta gama de decisões rápidas, tanto para quem conduz quanto para quem é conduzido.  Pense também em um casal de bailarinos clássicos: a bailarina está sob a ponta dos pés, o que implica em uma mudança de eixo constante a cada movimento que ela realiza. O bailarino, cuja função é segurá-la, precisa ser rápido e perspicaz para acompanhar essa mudança de eixo e conseguir tornar o movimento da bailarina ainda mais leve e suave.

A dança integra várias funções cerebrais ao mesmo tempo.  Ela envolve simultaneamente processos sinestésicos, racionais, musicais e emocionais. Dançar exige um tipo de coordenação interpessoal no espaço e tempo quase inexistente em outros contextos sociais. Durante um espetáculo, uma bailarina movimenta todos os músculos do seu corpo e muitas vezes, em direções opostas e intensidades diferentes. Apesar de o público ter a impressão de que tudo que ela está fazendo é simples e fácil, o seu cérebro está a todo vapor pensando em cada movimento que precisa ser realizado, tentando esquecer as dores das lesões recorrentes dos treinamentos e ainda por cima, preocupado em transmitir  os sentimentos e as emoções da personagem que ela está interpretando.  A vida dos bailarinos não é nada fácil!

4-CarineMorais,AlexBarros

Ainda tem mais, todo bailarino é um pouco músico também, pois consegue executar cada movimento simultaneamente a cada nota musical tocada. Seu corpo é o seu instrumento. É preciso muita atenção e muita concentração para essa conexão rítmica acontecer, o que implica que para dançar também é preciso um enorme autocontrole físico e emocional. Não é a toa que na Antiguidade, os gregos  acreditavam que dos melhores bailarinos se faziam os melhores guerreiros.

Além de todos esses benefícios, ainda existe mais um último: dançar estimula a criatividade.  Vale lembrar que estamos em pleno século XXI, onde ser criativo é pré-requisito para se obter sucesso em qualquer carreira.  O filósofo francês Paul Valéry sintetiza isso em uma única frase: “Um homem de negócios é um cruzamento entre um dançarino e uma máquina de calcular”.

Portanto, agora que você já tem conhecimento de tudo que a dança pode trazer de benefícios à sua vida,  largue a preguiça e a inércia e comece a movimentar o seu corpo. Pois além de se tornar uma pessoa mais inteligente, você se tornará uma pessoa mais feliz! Eu garanto!

DSC_0012

(Matéria publicada originalmente no blog Radar da Produção)

Autoria: Liana Vasconcelos

Fonte: Blog Radar da Produção

 
 
 
Galeria

O copo está quase transbordando…

  Confesso. Tenho um ponto fraco, a dança de salão. Ponto fraco sim, pois pela dança tomo muitas decisões por impulso, guiada pelo coração e sem pensar nas consequências. Como é sabido  não sou dona de Academia, não dou mais … Continuar lendo

Dança dos Famosos – Afinal o que se avalia?

Apesar de ter jurado que não tornaria a perder meu tempo com o quadro “Dança dos Famosos” exibido durante o programa do Faustão, este ano voltei a relancear meus olhos pela tela em consideração e também curiosidade pela participação de alguns amigos e conhecidos. E como na final deste ano estariam meus dois ritmos preferidos, Tango e Samba o coração falou mais alto.
O primeiro ritmo apresentado pelos casais finalistas, foi o Tango, Osvaldo Zotto deve ter se revirado no túmulo. O Tango padrão Globo é de chorar, falta técnica, falta abraço, falta caminhada, falta respiração, leveza, enfim falta tudo e sobram caricaturas. Mas o que se esperar de quem nunca estudou o ritmo e tem meras duas semanas para apresentar-se? É como as tais coreografias de casamento, o público leigo adora, cheio de dramatizações, caras e bocas. Levando todos estes fatores em consideração e assumindo que o quadro é apenas um entretenimento de massa, as apresentações foram até bem razoáveis com destaque para o casal Patrick Carvalho e Paloma Bernardi que conseguiram passar uma das coisas mais importantes do Tango, a emoção, a cumplicidade, a entrega, a platéia explodiu em aplausos e ao olhar para a minha mãe, que nada entende de dança, percebi seus olhos rasos de lágrimas, emocionada com o que viu.
Patrick me surpreendeu, um dos melhores representantes do samba, criador da incrível Cia Dom, estava totalmente tranquilo e seguro, passou essa confiança par a sua dama e o resultado foi uma apresentação que se não foi tecnicamente perfeita foi equilibrada com movimentos bem acabados e envolventes.
Quando o ritmo passou para o samba, tive a tola esperança de que apesar de tudo apontar para que os vencedores fossem o casal formado pelo famoso e pela bailarina do Faustão, a maestria do professor Patrick poderia mudar o rumo dessa tragédia anunciada. Ledo engano.
Indiscutivelmente Patrick e Paloma formavam a dupla mais qualificada, técnicamente falando. O samba de gafieira dançado pelo outro casal, Marcelo e Raquel, foi no máximo um intermediário e olhe lá, pesado, pernas abertas, fora de ritmo, uma pegada horrível, dei pulos no sofá e mais ainda ao ouvir o tal júri artístico elogiando sem contar a total incoerência do juri artístico que tirou pontos de Patrick e Paloma por duas pegadas e se calou diante de uma apresentação cheia de aéreos, movimentos de forró e absolutamente nada de samba, exceto dois “Romários” e um “pica-pau” muito mal executados. Mas enfim, já devia ter entendido há tempos que a Globo usa o quadro para eleger os seus queridinhos e dar espaço para seus protegidos.
Para quem não viu e para que já viu se deliciar com a linda apresentação da verdadeira gafieira nos pés de um dos maiores mestres do samba, o professor Patrick Carvalho e sua linda Paloma Bernardi.
Que a Dança dos Famosos colabora para a difusão da dança de salão, é indiscutível, mas a que preço? A quantidade de asneiras e bobagens ditas durante o programa é um tremendo desserviço à dança. Outra coisa que é muito difícil engolir, por que não é dado espaço para as mulheres profissionais da dança de salão? As bailarinas do Faustão que nunca fizeram uma aula de bolero na vida colaboram ainda mais no somatório de erros e barbaridades apresentados e isso acaba também por desequilibrar os competidores, pois como elas podem ensinar algo que nunca aprenderam? A bailarina Raquel me causou o que chamamos de vergonha alheia, não finalizou nenhum dos movimentos, dançou com as pernas abertas, joelhos dobrados e foi literalmente carregada pelo famoso!
Para todos que tem uma noção mínima de dança de salão a cada edição deste quadro fica a sensação de impotência diante da poderosa Globo, onde o que impera não é o talento e a qualificação técnica mas sim os interesses e benefícios próprios da emissora.

ACADS apresenta: BAILE DE LANÇAMENTO DO XIV BAILA FLORIPA

A Associação Catarinense de Dança de Salão – ACADS, nesta sexta-feira, dia 28/11 a partir das 23h, estará realizando um grande baile!

É o lançamento do XIV BAILA FLORIPA!!!

Um Baile para marcar  o começo de uma nova gestão da Associação com foco na união de todos os que curtem e vivem a arte da dança de salão, professores, dançarinos, alunos e todas as escolas e academias. Incentivar a prática e a cultura do baile para fomentar o crescimento e divulgar a dança de salão como uma forma maravilhosa de crescimento pessoal, qualidade de vida em todos os sentidos.

O Baile acontecerá na sede da ABVO, Clube dos Oficiais que fica na Trindade num oferecimento do Carlos Peruzzo Centro de Danças.

E para que a festa seja ainda maior teremos a participação mais do que especial da galera da Kirinus Escola de Dança  com seu  tradicional FORRÓ DO K  e a banda Cabrobró ao vivo!!

Após a Banda o DJ Rick Torri comandará o som sem hora para acabar tocando sequências de três músicas de cada ritmo, um verdadeiro e democrático coquetel para que todas as tribos se encontrem, curtam juntas numa noite de confraternização!! Celebrando a vida, a amizade e a dança a dois!

Parceira de todas as horas e eventos, desde o início da ACADS, a loja TODOESPORTE (que fica ali no 2º piso do ARS, no centro da cidade) não poderia ficar de fora deste grande evento e para isso estará sorteando tênis e sandálias de dança durante o baile!!!

Quem também estará presenteando os participantes com brindes cheios de charme são as meninas da Lehoff que para delírio da mulherada estarão presentes com um lindo stand e suas maravilhosas sandálias com design e ergometria especialmente criados para o conforto das dançarinas.

Outro parceiro que não poderia ficar de fora é o Cléber Valério Studio Fotográfico que estará presente com uma linda exposição de seus trabalhos de arte e dança e também presenteará uma dama com um Ensaio Sensual – Boudoir, só quem já teve o privilégio de pousar para as lentes de um artista como Cléber Valério sabe o que significa a expressão “banho de autoestima”!! É maravilhoso e esta editora recomenda!!

Também o Instituto Palco Solidário, através do nosso amigo e super parceiro, Bruno Souza, estará arrecadando fundos para centenas de crianças de comunidades atendidas pelo instituto com o Bazar da Uatt!!
Dezenas de presentes e novidades super charmosas e a preços tentadores, uma ótima oportunidade nesta época de quase-natal!!!
Mas vale lembrar que o Bazar não trabalhará com cartões apenas em cash!!

Para fechar uma homenagem especial a todos os professores da ACADS e seus alunos e sorteio de pacotes do Baila Floripa!

Os ingressos já estão disponíveis na loja Todoesporte (2º piso do ARS) e nas Academias e Escolas parceiras:

*Carlos Peruzzo Centro de Dança

*Kirinus Escola de Dança

*Cenárium Escola de Dança

*Dance Ímpar

*Cazu

*Casarão da Dança

* Fabiano Silveira e Aline Mombelli

*Fabiano Narciso

*Paço da Dança Marcelo Leal

*Ateliê da Dança

*Passo a Passo

*Salão de Dança

* Ritmo Dança e Fitness

* Vida Saudável

*Días de Tango

Não fique de fora desta noite inesquecível!!

Baile Acads

Prepare-se para saber em primeira mão tudo o que vai rolar no BAILA FLORIPA 2015!!!