Arquivo da tag: Tango

Noite de Tangos e Boleros no Centro Cultural Fabiano Silveira

No próximo dia 29, segunda-feira, a partir das 21h:30min, o recém inaugurado Centro Cultural Fabiano Silveira abre suas portas para sua primeira festa com foco na dança a dois.

A NOITE DE TANGOS E BOLEROS traz para Florianópolis a Orquestra da Cidade de Buenos Aires para uma noite dançante refinada e com muito estilo.

Os convites já estão disponíveis a R$ 40,00 individual ou R$ 250,00 a mesa para quatro lugares com direito a espumante.

1507866_10204119215559041_8286076524736496365_n

Anúncios

Dança dos Famosos – Afinal o que se avalia?

Apesar de ter jurado que não tornaria a perder meu tempo com o quadro “Dança dos Famosos” exibido durante o programa do Faustão, este ano voltei a relancear meus olhos pela tela em consideração e também curiosidade pela participação de alguns amigos e conhecidos. E como na final deste ano estariam meus dois ritmos preferidos, Tango e Samba o coração falou mais alto.
O primeiro ritmo apresentado pelos casais finalistas, foi o Tango, Osvaldo Zotto deve ter se revirado no túmulo. O Tango padrão Globo é de chorar, falta técnica, falta abraço, falta caminhada, falta respiração, leveza, enfim falta tudo e sobram caricaturas. Mas o que se esperar de quem nunca estudou o ritmo e tem meras duas semanas para apresentar-se? É como as tais coreografias de casamento, o público leigo adora, cheio de dramatizações, caras e bocas. Levando todos estes fatores em consideração e assumindo que o quadro é apenas um entretenimento de massa, as apresentações foram até bem razoáveis com destaque para o casal Patrick Carvalho e Paloma Bernardi que conseguiram passar uma das coisas mais importantes do Tango, a emoção, a cumplicidade, a entrega, a platéia explodiu em aplausos e ao olhar para a minha mãe, que nada entende de dança, percebi seus olhos rasos de lágrimas, emocionada com o que viu.
Patrick me surpreendeu, um dos melhores representantes do samba, criador da incrível Cia Dom, estava totalmente tranquilo e seguro, passou essa confiança par a sua dama e o resultado foi uma apresentação que se não foi tecnicamente perfeita foi equilibrada com movimentos bem acabados e envolventes.
Quando o ritmo passou para o samba, tive a tola esperança de que apesar de tudo apontar para que os vencedores fossem o casal formado pelo famoso e pela bailarina do Faustão, a maestria do professor Patrick poderia mudar o rumo dessa tragédia anunciada. Ledo engano.
Indiscutivelmente Patrick e Paloma formavam a dupla mais qualificada, técnicamente falando. O samba de gafieira dançado pelo outro casal, Marcelo e Raquel, foi no máximo um intermediário e olhe lá, pesado, pernas abertas, fora de ritmo, uma pegada horrível, dei pulos no sofá e mais ainda ao ouvir o tal júri artístico elogiando sem contar a total incoerência do juri artístico que tirou pontos de Patrick e Paloma por duas pegadas e se calou diante de uma apresentação cheia de aéreos, movimentos de forró e absolutamente nada de samba, exceto dois “Romários” e um “pica-pau” muito mal executados. Mas enfim, já devia ter entendido há tempos que a Globo usa o quadro para eleger os seus queridinhos e dar espaço para seus protegidos.
Para quem não viu e para que já viu se deliciar com a linda apresentação da verdadeira gafieira nos pés de um dos maiores mestres do samba, o professor Patrick Carvalho e sua linda Paloma Bernardi.
Que a Dança dos Famosos colabora para a difusão da dança de salão, é indiscutível, mas a que preço? A quantidade de asneiras e bobagens ditas durante o programa é um tremendo desserviço à dança. Outra coisa que é muito difícil engolir, por que não é dado espaço para as mulheres profissionais da dança de salão? As bailarinas do Faustão que nunca fizeram uma aula de bolero na vida colaboram ainda mais no somatório de erros e barbaridades apresentados e isso acaba também por desequilibrar os competidores, pois como elas podem ensinar algo que nunca aprenderam? A bailarina Raquel me causou o que chamamos de vergonha alheia, não finalizou nenhum dos movimentos, dançou com as pernas abertas, joelhos dobrados e foi literalmente carregada pelo famoso!
Para todos que tem uma noção mínima de dança de salão a cada edição deste quadro fica a sensação de impotência diante da poderosa Globo, onde o que impera não é o talento e a qualificação técnica mas sim os interesses e benefícios próprios da emissora.
Galeria

Hoje tem Milonga Carlos Gardel no Clube dos Oficiais

Esta galeria contém 1 fotos.

Uma das melhores noites dançantes, a Milonga Carlos Gardel, já entrou definitivamente para o calendário dos melhores eventos para se dançar a dois no sul do Brasil! E os tangueros já podem preparar sus tacos para riscar o salão neste … Continuar lendo

Galeria

Hoje é noite de Forró do K!

Esta galeria contém 1 fotos.

A partir de hoje até fevereiro de 2015 todas as sextas-feiras já tem endereço certo: Kirinus Escola de Dança! Começou a temporada de Forró com bandas ao vivo e ainda salas para a galera curtir muito zouk, samba, salsas, tangos … Continuar lendo

Onde comprar sandálias de tango em Buenos Aires

Alma Sapatos de Tango - Divulgação

Alma Sapatos de Tango – Divulgação

 Agosto e setembro são os meses em que o pessoal mais viaja à Buenos-Aires, esse finzinho de inverno e início de primavera, o clima ameno e as inúmeras opções culturais, principalmente voltadas aos amantes do Tango tornam nossa irmã portenha especialmente irresistível.

E quem gosta de tango dificilmente volta de Buenos Aires sem um sapato ou uma sandalinha, não é mesmo, meninas?

Para quem dança, o sapato não é um acessório qualquer. É “o” acessório. Ou melhor, é a parte principal da indumentária.

Primeiro, porque usar calçados adequados é muito importante para evitar lesões nos pés ou nos joelhos.

Depois, porque o que você faz com o seu pezinho reflete a sua interpretação da dança. É praticamente a identidade do seu baile. E por isso todo mundo vai olhar para ele!

Até década de 90, os sapatos de tango eram bem simples e sem muitas variações. O furor pela dança nos últimos anos fez explodir o número de lojas e fabricantes em Buenos Aires, que transformaram o sapato de tango num objeto de fetiche. Depois que você compra o primeiro par, pode ter certeza, vai querer mais! É uma cachaça!

O que levar em conta na hora da compra:

NÚMERO: aqui na Argentina a gente tem que pedir um número maior. Ou seja, se você calça 35 no Brasil, aqui será 36. Parece uma bobagem, mas demorei em descobrir isso

MODELO: Para quem está começando, sugiro um modelo discreto, fechado no calcanhar e sempre com a pulseira ao redor do tornozelo. Isso é importante para que o sapato não saia do pé no meio do baile. A ponta pode ser fechada ou aberta (aqui chamada de boca de pez). Meu conselho é deixar as sandálias para uma segunda compra.

SALTO: Sapatos rasteiros não são muito indicados, porque o salto ajuda a deslocar o peso do corpo para o metatarso e isso ajuda na hora da dança. A única coisa que tem que levar em conta é que quanto mais alto o salto, menos base de apoio tem o pé, o que pode afetar o equilíbrio. Então, moderação nos “tacos”! Recentemente surgiram os tênis de prática, que não têm salto, mas são mais indicados para quem treina várias horas por dia.

MASCULINOS: Para os homens, a ideia é a mesma. Não opte por um sapato branco ou bicolor se você está começando! Discrição ao princípio, e ousadia com o passar do tempo. Dê uma olhada no site da 2x4alpie, que oferece solas que podem ser trocadas de acordo com o piso. Para o homem há três tipos de saltos: pastel (baixo), francês (de cerca de 4cm) e inglês (um pouco mais alto e afinado nos extremos).

QUALIDADE: Os sapatos de tango são caros porque são feitos à mão e de materiais nobres, como o couro. Isso permite, por exemplo, que o calcado seja flexível e respirável, ou seja, que os pés se mantenham cômodos e secos mesmo depois de várias horas de baile. É importante escolher bem a sola, que podem ser de couro ou de camurça. As de borracha não são adequadas porque não deslizam.

IMPORTANTE: Os sapatos de tango não são para usar na rua. Você os leva para a milonga numa sacolinha, usa e depois os guarda de volta. Todo um ritual que já estamos acostumadas!

Mapa do Tesouro: Ou Onde comprar suas sandálinhas amadas:

·         Alanis
·         Alma Buenos Aires  –   Estados Unidos 652
·        Comme Il Faut – Arenales 1239 puerta 3 dto. M
·         Darcos tango Shoes –    Sarmiento 835
·         Fabio Shoes   Riobamba 10 piso 10ª
·         Fatomano – Guatemala 4464
·         Flabella – Suipacha 263
·         Loló Gerard – Tomás de Anchorena 607
·         GretaFlora – Acuña de Figueroa 1612 e Uruguay 1295
·         Madresselva –  Av. Corrientes 3190 1 Piso e Venezuela 3502
·         Mimi Pizon – Venezuela 3502, Buenos Aires.
·         Neotango – Sarmiento 1938
·         Souple – Paraná 348 piso 2° dep
·         Soy Porteño – Alsina 1886
·         Suzana Artesanal – Jean Jaures 465
·         Taconeando – Arenales, 1606
·         Tango Leike – Sarmiento 1947
·         La Vikinga – Av. Entre Rios 469, 2° piso
·         PH Tango – Grito de Asencio 3602

Matéria publicada pela Gisele Teixeira do Aquí me Quedo. Leia AQUI! Aliais esse blog tem um monte de matérias bem legais sobre Buenos-Aires, vale a pena dar uma conferida!!